9 de setembro de 2016

Após especulações, Lúcia Braga tem candidatura deferida

lucia-braga_foto_rizemberg-felipe

Lúcia Braga disputa vaga na Câmara (Foto: Rizemberg Felipe)

Angélica Nunes

A ex-deputada federal Lúcia Braga (PDT), 81 anos, que tenta voltar à política através do mandato de vereadora de João Pessoa, teve o registro da sua candidatura deferido pela juiz da 64ª Zona Eleitoral, Josivaldo Félix. Na última quarta-feira (7), informações equivocadas circularam na imprensa, afirmando que o registro da candidata havia sido indeferido, o que foi negado pela equipe do cartório eleitoral logo em seguida.

O juiz Josivaldo explicou, na sentença, que o registro de candidatura comportou única controvérsia que repousou na questão da crítica do batimento oficial na irregularidade na prestação de contas da campanha de 2014, ano em que Lúcia Braga concorreu ao cardo de deputado estadual. Após o pleito, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba havia aprovado com ressalvas as contas da campanha, porque a candidata entregou a sua prestação de contas final com atraso.

“A candidata apresentou contas da campanha de 2014 de forma extemporânea, todavia, foram regularmente aceitas, apreciadas e, posteriormente, julgadas aprovadas, com ressalvas, restando, tão somente, perfazer a atualização do resultado deste julgamento no cadastro eleitoral do(a) candidato(a)/eleitor(a) para afastar a registro desta pendência que não mais reflete a verdade”, sentenciou o magistrado.