2 de outubro de 2016

Na coletiva da vitória, Cartaxo ‘alfineta” o governador Ricardo Coutinho

whatsapp-image-2016-10-02-at-20-17-49O prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), fez críticas veladas ao governador Ricardo Coutinho (PSB) neste domingo (2), durante a entrevista coletiva que concedeu, em um hotel da orla de Tambaú, para falar da vitória ainda no primeiro turno das eleições. Ele venceu o pleito com 59,67% dos votos, contra 33,57% de Cida Ramos (PSB), candidata apoiada pelo socialista. “Não tem como comparar obras do Estado com obras do município, quando o orçamento do estado é três quatro vezes maior”, ressaltou, em referência aos comparativos feitos pelo governador durante entrevistas recentes, quando dizia que as principais obras de mobilidade da capital estavam sendo feitas pela gestão estadual.

Acompanhado do vice-prefeito eleito, Manoel Júnior (PMDB), Cartaxo dedicou a vitória à base aliada e à militância do partido. “Então, a nossa cidade, que lutou, sabe diferenciar o que é trabalho num cenário de crise. Sabe que tivemos capacidade nestes 45 dias de campanha para mostrar tudo o que realizamos”, disse. “Essa vitória veio junto com a somatória dos partidos que conseguimos aglutinar. Conseguimos provar que é possível ter trabalho e ter coração. É possível mostrar às pessoas que se pode ter atenção com os bairros mais periféricos. Fizemos uma gestão para toda a João Pessoa, mas sem dúvida fizermos uma gestão para quem mais precisa. Uma gestão com diálogo e coração, o que é muito importante”, ressaltou.

Cotado para disputar ao governo do estado em 2018, Cartaxo disse que só pretende falar de 2018 no momento oportuno, mas admitiu que Manoel Junior terá um papel colaborativo desde já na sua gestão. “Não tenho dúvida que ele vai ser fundamental para gente, não só no governo federal, com os deputados federais na busca permanente de emendas do orçamento da união, que é importante, mas eu quero aproveitar a experiência de Manoel Junior que foi prefeito três vezes de Pedras de Fogo e foi vice-prefeito de João Pessoa (na primeira gestão de Ricardo Coutinho como prefeito). É verdade que ele não teve muitas oportunidades, mas comigo ele vai ter”, destacou.

Ao todo, Cartaxo obteve 222.689 dos votos válidos, enquanto a segunda colocada obteve 125.146 (33,54%) dos votos válidos. Já o candidato do PT conseguiu o voto de 16.528 (4,43%) eleitores da capital e o Victor Hugo do PSOL recebeu 8814 (2,36%). Os votos brancos corresponderam a 3,84% (16661) e os nulos chegaram a 10,06% (43.609).

Luciano Cartaxo lidera a coligação Força da União por João Pessoa, tendo como candidato a vice-prefeito o deputado federal Manoel Junior (PMDB). Integram a coligação os partidos: PSD, PMDB, PSDB, PP, PSC, PCdoB, PSDC, PRB, PMN, PHS, PTN e Solidariedade.