15 de setembro de 2016

TRE aprova reforço de tropas federais para eleições em Campina Grande

Tropas vão atuar nas eleições em Campina Grande (foto: Leonardo Silva)

Angélica Nunes

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), aprovou, na sessão realizada na manhã desta quinta-feira (15), a solicitação das quatro juízas eleitorais de Campina Grande da presença de tropas federais para auxiliar a segurança das eleições municipais no próximo dia 2 de outubro. O pedido será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral e, por conseguinte, ao governo federal.

O ofício foi subscrito pelas juízas Ana Christina Soares Penazzi (16ª Zona Eleitoral); Ana Amélia Andrade (17ª Zona Eleitoral); Érica Tatiana Soares (71ª Zona Eleitoral); e Adriana Barreto Lóssio (72ª Zona Eleitoral), tendo por base o histórico de acirramento eleitoral em Campina Grande em eleições anteriores. As tropas federais já atuaram no auxílio da segurança nos últimos seis pleitos em Campina Grande: 2004, 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014.

Em seu voto, a relatora do pedido, corregedora eleitoral e vice-presidente do TRE, desembargador Maria das Graças Morais, destacou o quadro insuficiente do efetivo da Polícia Militar para garantir a segurança dos eleitores no dia do pleito. “Recebemos informações de que mesmo nas atividades de campanha dos cinco candidatos a prefeito solicitaram policiais, que não chegou a tempo por falta de pessoal”, disse.

O juiz-membro Emiliano Zapata de Miranda chegou a abrir um voto de divergência, alegando que não haveria indícios concretos que visualizasse a necessidade de tropas federais, mas a corregedora disse que abrir o pedido para diligência poderia comprometer o envio do requerimento ao TSE.

O procurador regional eleitoral, João Bernardo, disse que na reunião com as forças de segurança ficou claro que o comando da Polícia Militar ainda não sabe o efetivo disponível para o dia do pleito, o que por si só corrobora a necessidade do pedido, entendimento seguido pelos demais membros da Corte.