3 de outubro de 2016

Veneziano atribui vitória de Romero ao uso da prefeitura para fins eleitorais

O deputado federal licenciado e ex-candidato à prefeitura de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), atribuiu a vitória do prefeito reeleito, Romero Rodrigues (PSDB), ao uso da máquina pública para fins eleitorais. De acordo com uma nota divulgada pela coligação do peemedebista nesta segunda-feira (3), o prefeito teria tirado proveito da administração pública para se reeleger, como contratação de prestadores de serviços, material e dinheiro para compra de votos e veículos da prefeitura usados na campanha. A assessoria do prefeito reeleito informou que a resposta para as acusações foi dada nas urnas.

A nota do peemedebista alega que a disputa no pleito eleitoral do município foi caracterizada pela desigualdade. “Nos deparamos com a mentira, com as maldades e a utilização desmedida, acintosa e sem limites da máquina pública. Do uso de mais de 4 mil cabides de emprego, de pessoas contratadas até mesmo no período expressamente vedado pela legislação eleitoral, inchando a administração pública; até à apreensão, por parte da Polícia Federal, de dinheiro ou das sandálias que tentavam subjugar as consciências livres dos cidadãos mais humildes de Campina Grande”, diz a nota.

Veneziano também coloca em cheque o influência que o PMDB teve para que ele fosse derrotado nas urnas, dizendo que houve insucessos do partido em várias cidades da Paraíba. “A análise estadual nos remete a uma avaliação partidária e nos mostra que os insucessos em várias cidades da Paraíba indicam que algo está errado e que decisões equivocadas nos impuseram consequências prejudiciais e resultados negativos que sugerem a nossa amadurecida e ponderada análise”, completa.

As declarações do peemedebista finalizam com um agradecimento e desejo de sucesso aos postulantes ao cargo de vereador da coligação, que conseguiram se eleger. “Agradeço também a todos os companheiros das coligações proporcionais e aos companheiros que obtiveram efetivo êxito, desejando-lhes sucesso na honrosa missão de representar o povo de Campina Grande”, acrescenta.

Confira nota na íntegra

Quero agradecer a Deus pela caminhada e a cada um dos mais de 53 mil votos que obtivemos nesta atípica eleição, de pessoas que nos abraçavam nas ruas, que compreenderam a nossa mensagem, que reconheceram o que fizemos quando administramos Campina Grande, com mais de três mil obras e ações, e que não se deixaram levar pelas mentiras ou pelo poder político e econômico que tentavam seduzi-las.

Lutamos contra estruturas de poder e contra grupos econômicos que tinham interesse na continuidade da atual gestão. Nos deparamos com a mentira, com as maldades e a utilização desmedida, acintosa e sem limites da máquina pública. Do uso de mais de 4 mil cabides de emprego, de pessoas contratadas até mesmo no período expressamente vedado pela legislação eleitoral, inchando a administração pública; até à apreensão, por parte da Polícia Federal, de dinheiro ou das sandálias que tentavam subjugar as consciências livres dos cidadãos mais humildes de Campina Grande.

Também vimos, estarrecidos, a Justiça Eleitoral apreender carro oficial, da Prefeitura de Campina Grande, conduzindo material de campanha de forma aberta e provocativa.

As denúncias desta campanha, que demonstraram o quanto desigual foi a disputa, serão analisadas, a seu tempo, pelos órgãos que as receberam.

Ademais, a análise estadual nos remete a uma avaliação partidária e nos mostra que os insucessos em várias cidades da Paraíba indicam que algo está errado e que decisões equivocadas nos impuseram consequências prejudiciais e resultados negativos que sugerem a nossa amadurecida e ponderada análise.

Agradeço também a todos os companheiros das coligações proporcionais e aos companheiros que obtiveram efetivo êxito, desejando-lhes sucesso na honrosa missão de representar o povo de Campina Grande.

E por fim, ratifico o meu irrestrito e permanente compromisso de continuar a fazer por Campina Grande, através do Mandato que voltarei a exercer como Deputado Federal, ao término da nossa licença.

Finalizo confiante, na certeza de que combatemos o bom combate e guardamos a fé, como diz o apóstolo Paulo na Carta a Timóteo. E que Deus continue nos abençoando. Sempre!